Mas e eu com isso?

24 de maio de 2010 at 11:00 AM Deixe um comentário

A minha vida nunca foi um mar de águas tranquilas, mas desde janeiro a maré é de pura ressaca. Em 2009, quando minha mãe resolveu tocar a vida dela e casar novamente eu já sentia que as coisas iam sobrar para mim. O problema maior não foi ela casar, mas sim largar nossa casa no interior e ir morar em São Bernardo dos Campos. A pergunta foi: e a minha irmã, de 15 anos? Minha mãe disse: Ela vem morar comigo ou vai morar com você. OK.

Então ela veio morar comigo. Na época eu ainda divida uma kit com uma amiga, mas o espaço ficou pequeno e os meus planos de alugar um apartamento anteciparam-se. Mas alugar não é fácil e nem barato. E se o combinado não sai caro, como diz o ditado, no meu saiu.

O acordo com minha mãe sobre a divisão das despesas parecia certo. Dois meses de procura, mas uma ajuda dos amigos para conseguir o seguro fiança, móveis e louça e, enfim, um canto.

Então fomos, minha irmã e eu felizes para o apartamento novo. Felizes? Ela sim, eu não!

Minha irmã teve uma criação completamente diferente da minha, bajulada pelos pais, teve tudo nas mão. Eu não! Tive que batalhar atrás dos meus sonhos e da minha satisfação. Hoje, formada, dedico isso a mim, só a mim!

Sempre acreditei que quando temos sonhos precisamos correr atrás, assim como ninguém sonha nossos sonhos, ninguém os realiza por nós! É justamente isso que tento passar à ela, mas acho que não está funcionando.

O sonho dela era trabalhar no MC Donald’s, ela foi. Ficou uma semana e disse que odiava trabalhar lá. Aos prantos me perguntou se poderia sair! Claro, eu disse, como poderia deixar minha irmãzinha ser escrava em um lugar daquele? Mas espera! Eu avisei não? Sim, eu avisei.

Mais dois meses procurando outro emprego/estágio tive que fazer terrorismo (no meu pensar, mas realidade nas nossas condições) para conseguir outro urgente. Briguei e ameacei mandar ela ir morar com minha mãe.

Enfim, ela conseguiu algo. Não é emprego dos sonhos, mas aos 16 anos quem tem o emprego dos sonhos? Então ela começou, gostou e, agora, duas semanas depois, já odeia.

Como assim odeia? Eu trabalhei por três anos em uma loja de celular na 25 de Março, de segunda a segunda, com todo o estress e medo que só aquela região consegue ter, mas agüentei. Foi dali que tirei minha sobrevivência, foi dali que comecei minha faculdade, foi ali que fiz amigos incríveis, mas foi dali, principalmente, que aprendi o valor do trabalho, do dinheiro e da necessidade.

Hoje, quando minha irmã me mandou uma mensagem dizendo que não quer mais ficar no trabalho e que precisa da minha ajuda, pensei: mas e eu? Quem ajuda? Ninguém como sempre.

E desde que comecei a terapia vi o quanto me boicotava, o quanto abraço o mundo por insegurança de não ser querida e amada, mas definitiva não preciso disso. Não preciso me afundar no poço do saldo negativo para proporcionar à minha irmã uma vida confortável e segura.

Não sou mãe dela e não posso evitar que ela sinta dor, que quebre a cara, pois ninguém evitou as minhas.

Se eu disser, que a decisão, se ela não ficar no emprego, de mandar ela pra minha mãe está sendo fácil vou mentir. Meu coração está apertado e minha vontade é de desistir, mas não posso.

Por que dessa vez, entre a alegria e a paz de alguém, eu escolho a minha!

A lição para esta semana é dizer não, ser egoísta e pensar em mim!

De coração apertado…

Belle

Anúncios

Entry filed under: Ponteiros.

Recordações

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Tempo

maio 2010
S T Q Q S S D
« mar    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  

%d blogueiros gostam disto: